ESTADO

BRF testará caminhão com sistema de redução de emissões de carbono
Veículo semirreboque contará com solução das Empresas Randon para tração auxiliar elétrica, diminuindo consumo de combustível


Foto: Divulgação

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, atua com foco em sustentabilidade em diferentes frentes - inclusive quando está na estrada. A companhia adotou, em fase de testes, um novo modelo de semirreboque com sistema de tração auxiliar elétrico com tecnologia e-Sys, inovador e sustentável.

No início deste mês, a Companhia recebeu das Empresas Randon, de Caxias do Sul (RS), o caminhão Hybrid R, equipado com o e-Sys, modelo Frigorífico, para o transporte de cargas entre unidades da empresa nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A solução atua na recuperação de energia gerada durante movimentos de descida e frenagem para momentos de necessidade de tração, como subidas e ultrapassagens.

Dependendo da aplicação, condição de carregamento e da condição da estrada, a economia de combustível pode chegar até cerca de 20%, propiciando um menor desgaste dos componentes e contribuindo para uma menor emissão de gases e resíduos no meio ambiente. A operação do semirreboque ocorrerá por meio de fornecedores da BRF, começando pela empresa Tombini & Cia.

Nesta etapa de testes de campo, equipes de engenharia e pesquisa das Empresas Randon buscam monitorar o comportamento do produto em uso real pelas estradas do país. Durante um período de 30 dias, os veículos de testes são monitorados para a coleta de dados sobre redução de consumo de combustível alcançado pelo uso do sistema de tração elétrico no semirreboque. Os condutores dos caminhões receberam treinamento com pilotos de testes do Centro Tecnológico Randon (CTR), onde ocorreram todas as fases de testagem até o momento.

"O segmento logístico é altamente importante para a BRF e deve estar conectado com nossa jornada sustentável. Nesse sentido, avaliamos que iniciativas como a da Randon, que unem sustentabilidade com nova tecnologia, são relevantes e contribuem com a descarbonização. Estávamos ansiosos" afirma José Perottoni, diretor de Logística da BRF.

Estimativas da fabricante apontam que, com uma queda de consumo de combustível pelo uso do e-Sys na faixa dos 20%, a redução na emissão de carbono pode chegar a cerca de 50 toneladas por ano, cálculo que leva em conta 130 mil quilômetros anuais percorridos, trazendo importante contribuição para o setor de transporte no combate às mudanças climáticas.

"Na BRF, estamos empenhados em práticas que resultem na efetiva mitigação das emissões. Em junho de 2021, assumimos o compromisso de nos tornar Net Zero até 2040, tanto em nossas operações, quanto em nossa cadeia produtiva", reforça Mariana Modesto, diretora de Sustentabilidade da BRF.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






ESTADO  |   09/06/2022 09h34